Organização do CBEE

O documento curricular foi publicado em 2009 e distribuído para a rede pública estadual de ensino em um box contendo oito cadernos:

  • Guia de Implementação
  • Ensino Fundamental Anos Iniciais
  • Ensino Fundamental Anos Finais Vol. 1 – Área de Linguagens e Códigos
  • Ensino Fundamental Anos Finais Vol. 2 – Área de Ciências da Natureza
  • Ensino Fundamental Anos Finais Vol. 3 – Área de Ciências Humanas
  • Ensino Médio Vol. 1 – Área de Linguagens e Códigos
  • Ensino Médio Vol. 2 – Área de Ciências da Natureza
  • Ensino Médio Vol. 3 – Área de Ciências Humanas

Posteriormente, no ano de 2011, considerando as sugestões dos professores de Língua Inglesa e a Lei Federal Nº 11.161, de 5 de agosto de 2005, revogada pela Lei Federal Nº 13.415, de 16 de fevereiro de 2017 e que orienta a oferta obrigatória da Língua Espanhola no currículo escolar, foi publicado um volume extra relacionado às Línguas Estrangeiras Modernas.

capascbee_9_original

A proposta de ensino de Língua Estrangeira apresentada nesse documento considera o mundo globalizado e tecnologicamente conectado no qual estamos inseridos, exigindo, sobretudo, uma visão mais crítica e consciente do poder da linguagem na construção de visões de mundo e das identidades.

Esse caderno, apresenta seus conteúdos a partir de uma abordagem sociointeracionista,  sob a perspectiva dos novos letramentos, imprescindíveis ao desenvolvimento e à prática de atitudes e valores mais democráticos, igualitários e construtivos. Com isso, ele objetiva nortear o ensino das Línguas Estrangeiras Modernas na rede estadual, respeitando e atendendo às especificidades regionais.

O Guia de Implementação, como está intitulado, contém as orientações iniciais para uso do material, quanto aos demais cadernos, todos contêm de forma idêntica um capítulo inicial, versando sobre:

  • O processo de construção do documento curricular
  • Pressupostos teóricos
  • A diversidade na formação humana
  • Dinâmica do Trabalho Educativo

O segundo capítulo do documento curricular é específico de cada nível e etapa da Educação Básica, trazendo o Conteúdo Básico Comum – CBC, onde são abordados para cada componente curricular:

  • a concepção de área de conhecimento;
  • a contribuição para a formação humana;
  • os objetivos;
  • as principais alternativas metodológicas; e
  • as competências, habilidades e conteúdos.

Cabe observar que o currículo não se restringe aos componentes do CBC. Na verdade, o CBC é, simplesmente, parte do currículo que está contextualizado no capítulo inicial e se concretiza no âmbito de cada unidade escolar.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: